sportingbet

Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

sportingbet - 110, 120…? Até onde o Ibovespa aguenta? Confira na análise técnica

Ibovespa está em tendência de alta no curto prazo, mas com espaço para realização de lucros

Rodrigo Petry

Ibovespa emendou sete pregões consecutivos de ganhos em maio. Fonte: Clear Trader

Publicidade

OIbovespa emendou sete pregões consecutivos de alta, feito que não acontecia desde agosto do ano passado, e, nesta segunda-feira (15), abriu com novos ganhos, mas perdeu fôlego, operando praticamente estável, às 10h50, aos 108.475 pontos.

Confirmando a manutenção dos ganhos no curto prazo, a pergunta que fica é até onde o Ibovespa aguenta?

Neste momento, a Bolsa já acumula valorização de 3,8% em maio, reduzindo, assim, as perdas de 2023 para -1,1%.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Mas o que pode animar os investidores nesta semana, levando o Ibovespa aos 110 mil pontos, ou, nas próximas semanas, aos 120 mil pontos?

A expectativa, principal, é pela apresentação da proposta do arcabouço fiscal, elemento apontado como fator que pode melhorar as expectativas fiscais, podendo reduzir os juros e, consequentemente, melhorar a Bolsa.

Confira, agora, quais são as perspectivas para o Ibovespa, de acordo com a visão de analistas técnicos consultados pelo sportingbet.

Análise técnica: Ibovespa

Segundo Enrico Cozzolino, head de análise da Levante, o índice Ibovespa, no gráfico diário [veja logo abaixo], apresentou uma significativa movimentação de repique de preços ao longo de sete sessões consecutivas.

No entanto, levando em consideração apenas a análise de curto prazo, “o movimento começou a se tornar exagerado ou distante das médias móveis de curto prazo, atingindo pontos relevantes de resistência”, disse.

Ibovespa gráfico diário: novembro/22 a maio/23

Trade hoje; Ibovespa; análise técnica; swing trade
Fonte: ProfitChart. Elaboração: Enrico Cozzolino

Enquanto isso, conforme Cozzolino, no gráfico semanal [veja abaixo], durante a semana passada, foi possível observar a possibilidade de formação de um pivô de alta, “caso o rompimento da marca de 108.000 pontos seja confirmado”.

“Do ponto de vista técnico, a movimentação de preços é bastante característica de uma tendência de alta de curto prazo em formação. No entanto, será necessário superar a importante resistência dos 108.000 pontos, que engloba diversos fatores, incluindo a média móvel de 200 períodos no gráfico diário, uma possível linha de tendência de baixa em proximidade a essa região e diversos testes realizados nessa faixa de preços no passado recente”, disse.

Gráfico semanal: julho/21 a maio/23

Trade hoje; Ibovespa; análise técnica; swing trade
Fonte: ProfitChart. Elaboração: Enrico Cozzolino

Para a Levante, um cenário otimista para o Ibovespa traria a confirmação de rompimento dos 108.000 e a formação de um pivô de alta no gráfico semanal, abrindo espaço para alvos na faixa dos 112.000.

Tendência de alta

Para Gilberto Coelho, analista técnico da XP, o Ibovespa está em tendência de alta no curto prazo pela média de 21 dias e acima dos 109.000 começa a supera a média de 200 dias, favorecendo novas altas na direção dos111.500a115.000.

Conforme ele, um fechamento abaixo dos 107.400 traria um sinal de realização, mirando suportes em 105.000ou101.000. “Destaque para o Índice de Força Relativa (IFR) perto de sobrecompra, o que combinado com uma perda dos 107.400 favorecerá a uma realização”, disse Coelho.

Gráfico diário do Ibovespa: janeiro a maio/23

Trade hoje; Ibovespa; análise técnica; swing trade
Fonte: Relatório XP

Segundo Pam Semezzato, analista técnica da Clear, o Ibovespa, na semana passada, encerrou mostrando muita força compradora e com fechamento próximo do topo anterior de 108.300.

Pam avalia que, se o topo anterior for rompido, o Ibovespa confirma um novo movimento de alta para o curtíssimo prazo.

“Já temos 7 dias consecutivos de alta e ainda estou aguardando uma correção pequena para confirmar um bom rompimento desse topo anterior, mas ainda sem sinais de inicio dessa correção”, disse ela.

De acordo com a Genial, o Ibovespa rompeu a resistência imediata dos 108.280 pontos, confirmando um pivô de alta, que está traçado no gráfico diário abaixo.

“No entanto, parou sobre a linha de resistência de um canal de baixa de médio prazo. Se romper essa LTB (linha de tendência de baixa) pode buscar as resistências em 110.175,114.320e120.040 pontos. Já os próximos suportes ficam em 101.060,99.900e97.000 pontos”, acrescentou.

Trade hoje; Ibovespa; análise técnica; swing trade
Fonte; Neologica. Elaboração: Genial

Por fim, conforme os analistas do Itaú BBA, Fábio Perina, Lucas Piza e Igor Caixeta, o Ibovespa continua com dificuldades em superar a barreira dos 108.300pontos.

“Vale ressaltar que caso essa região seja ultrapassada, iniciaremos uma tendência de alta, o que poderia levar o índice a patamares como 110.500,114.900e121.600 pontos”, destacam.

Do outro lado, acrescentaram, o primeiro suporte intraday está em 106.300 pontos. “Abaixo deste, o mercado poderá devolver parte dos ganhos dos últimos dias e encontrará suportes em 102.700 pontos e a forte região de suporte entre 101.000e99.700pontos.

Trade hoje; Ibovespa; análise técnica; swing trade
Fonte: Broadcast; elaboração: relatório de análise técnica Itaú BBA

Para o BBA, o momento mais positivo no curto prazo traz a atenção do investidor para as compras.

“Acompanhamos setores que já confirmaram reversões de tendência ao anteciparem os rompimentos das resistências mais relevantes e o cuidado do investidor deve ser na seleção dos ativos e no gerenciamento de risco para novas operações”, destacaram os especialistas.

“É necessário avaliar a melhor relação risco/retorno nas ações do setor e ter certeza que o stop sugerido na operação se adequa ao gerenciamento de risco que é utilizado na carteira de investimentos”, finalizaram.

O que é análise técnica?

Também chamada de análise gráfica, ela é uma forma de prever os movimentos das ações utilizando-se do histórico delas por meio do gráfico.

A análise se tornou popular com o jornalista Charles Dow, fundador do jornal The Wall Street Journal, e que empresta seu nome ao mais tradicional índice acionário dos Estados Unidos, o Dow Jones.

Suporte e resistência

Os suportes são regiões de preço que costumam atrair compradores sempre que a ação atinge aquele patamar. Ou seja, o papel sobe após atingir aquela cotação.

As resistências, ao contrário, são regiões de preços que costumam atrair vendas. Ou seja, a ação geralmente cai após bater naquela cotação.

Uma regra importante na análise técnica é a da bipolaridade, que significa que o suporte, quando rompido, se torna uma resistência e a resistência, quando superada, torna-se um suporte.

Leia mais:

sportingbet Mapa do site