sportingbet

sportingbet - São Martinho (SMTO3) aprova dividendos, Copel (CPLE6) vence licitação e Vibra (VBBR3) anuncia mudança no Conselho

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta segunda-feira (31)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta segunda-feira (31) traz o pagamento de dividendos no valor de R$ 275 milhões pela São Martinho (SMTO3).

A Sanepar (SAPR11) divulgou no fim de semana que a Copel (CPLE6) foi a vencedora da licitação referente à aquisição de energia elétrica no Ambiente de Contratação Livre (ACL).

A Vibra (VBBR3), por sua vez, informou a renúncia de Carlos Augusto Leone Piani ao cargo de membro do Conselho de Administração.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A Irani (RANI3) lucrou R$ 228,7 milhões no segundo trimestre, alta anual de 170,3%.

A Petrobras (PETR4) anunciou nova política de dividendos e pagará 45% do fluxo de caixa livre aos acionistas.

A B3 (B3SA3)fechou parceria para desenvolvimento de produtos que melhoram análise de crédito no País.

Continua depois da publicidade

Confira mais destaques:

São Martinho (SMTO3)

A São Martinho (SMTO3) aprovou o pagamento de dividendos no valor de R$ 275 milhões, equivalentes a R$ 0,79393734481 por ação.

Os dividendos terão como base a posição acionária de 28 de julho de 2023 e serão pagos em 15 de agosto de 2023.

As ações da companhia serão negociadas “ex-dividendos” a partir de 31 de julho de 2023.

Copel (CPLE6) e Sanepar (SAPR11)

A Sanepar (SAPR11) divulgou no fim de semana que a Copel (CPLE6) foi a vencedora da licitação referente à aquisição de energia elétrica no Ambiente de Contratação Livre (ACL), incluindo a prestação de serviço de gestão e representação junto à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) para 49 de suas unidades consumidoras.

O contrato prevê prazo de vigência de 70 meses.

O valor do referido contrato é de R$ 200,8 milhões e representa um desconto de 8,43% em relação ao preço máximo admitido no certame.

Vibra (VBBR3)

A Vibra informou que recebeu o pedido de renúncia apresentado por Carlos Augusto Leone Piani ao cargo de membro do Conselho de Administração.

Em razão da renúncia, o Conselho de Administração passará a ser composto por 8 (oito) membros, com a dispensa da eleição de novo membro.

Profarma (PFRM3)

A Profarma informou a renúncia do membro do Conselho de Administração, Sun Park. Uma Assembleia Geral Extraordinária será convocada para eleger o seu substituto para completar o respectivo mandato que se encerra na Assembleia Geral Ordinária que ocorrerá em 2024.

Yduqs (YDUQ3)

A gestora americana BlackRock, uma das maiores do mundo, em nome de alguns de seus clientes, na qualidade de administrador de investimentos, informou que vendeu ações ordinárias emitidas pela Yduqs (YDUQ3).

Em 25 de julho de 2023, suas participações, de forma agregada, passaram a ser de 15.442.712 ações ordinárias, representando aproximadamente 4,996% do total de ações ordinárias de emissão da companhia e 617.857 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações ordinárias com liquidação financeira, representando aproximadamente 0,199% do total de ações ordinárias de emissão da Yduqs.

Moura Dubeux (MDNE3)

A Moura Dubeux comunicou que foi estendido o período de permanência do Sr. Marcello Winik Dubeux nos cargos de Diretor Financeiro e de Diretor de Relações com Investidores da Companhia até que seja finalizado o processo de transição para o novo Diretor Financeiro e novo Diretor de Relações com Investidores da Companhia conforme eleitos na reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada no dia 13 de junho de 2023.

A administração da companhia informará tempestivamente sobre a finalização do processo de transição dos cargos de Diretor Financeiro e de Diretor de Relações com Investidores da Companhia, uma vez que, após a finalização do processo de transição, o Sr. Marcello deixará de exercer suas funções na administração da Companhia e o Sr. Diego Freire Wanderley passará a exercer a função de Diretor Financeiro da Companhia e o Sr. Diogo de Barral Araújo passará a exercer a função de Diretor de Relações com Investidores da companhia.

Irani Papel e Embalagem (RANI3)

A Irani Papel e Embalagem (RANI3), uma das principais indústrias brasileiras dos segmentos de papel e embalagens, registrou aumento de 170,3% no lucro líquido no segundo trimestre de 2023 em relação a igual período do ano passado, saindo de R$ 84,6 milhões para R$ 228,7 milhões.

Segundo relatório, o crescimento está relacionado principalmente ao reconhecimento de crédito no valor de R$ 161,1 milhões de PIS e COFINS sobre aquisições de aparas, objeto de trânsito em julgado de decisão judicial favorável à companhia, que reconheceu o direito ao crédito.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 117,1 milhões, queda anual de 19,2%. Isso levou a uma queda da margem Ebitda ajustada de 4,1 p.p. (pontos percentuais), para 29,7%.

Petrobras (PETR3;PETR4)

O Conselho de Administração da Petrobras (PETR3);PETR4) informou na sexta-feira (28) que aprovou sua nova política de dividendos, acrescentando que ela permite recompra de ações, de acordo com documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A decisão foi tomada após reunião do Conselho de Administração nesta data.

A recompra, quando ocorrer, deverá ser realizada por meio de programa estruturado aprovado pelo Conselho de Administração, informou.

Sob a nova política, o dividendo trimestral da Petrobras estabelecido é de 45% de seu fluxo de caixa livre, abaixo dos atuais 60%, isso quando a dívida bruta da empresa estiver abaixo de US$ 65 bilhões (como consta no atual plano estratégico em vigor da estatal). Contudo, o número é acima dos 40% projetados pelos analistas de mercado.

GPA (PCAR3)

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) (PCAR3) comunicou que seu controlador, o grupo francês Casino, no âmbito de sua reestruturação de dívidas, firmou acordo preliminar com o consórcio formado pela EP Global Commerce a.s., Fimalac e Attestor, com a participação de alguns de seus credores financeiros, para fortalecer sua estrutura e reestruturação de suas dívidas financeiras.

De acordo com fato relevante divulgado nesta sexta-feira, o GPA afirma que o Casino e o consórcio deverão celebrar um acordo definitivo durante o mês de setembro de 2023, com data de efetiva implementação durante o primeiro trimestre de 2024, sendo que os acionistas do Casino serão materialmente diluídos e o atual controlador de Casino (Rallye) perderá seu controle.

Questionado pelo GPA, o Casino informou que no acordo consta o compromisso de manter a sua posição atual, direta e indiretamente, de 98% das ações e do capital votante na Cnova N.V. e a venda de ativos non-core de Casino, incluindo os ativos Latam.

B3 (B3SA3)

A B3 e a Neurotech, empresa de inteligência artificial do grupo B3, anunciaram parceria com a Quod, especializada no desenvolvimento de produtos baseados em inteligência de dados para análise de crédito, antifraude e cobrança.

Com o acordo, a Bolsa de Valores visa expandir sua área de atuação principal e se consolidar como um hub de soluções tecnológicas para o mercado.

sportingbet Mapa do site