sportingbet

sportingbet - Itaú (ITUB4) emite R$ 2 bi em social bonds, CPFL (CPFE3) coloca em operação empreendimento Sul I e PDG (PDGR3) aprova grupamento

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta quinta-feira (2)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta quinta-feira (2) traz o Itaú Unibanco (ITUB4) que emitiu R$ 2 bilhões em Letras Financeiras (LF) Sociais, ou social bonds, no mercado local para apoiar o empreendedorismo feminino no Brasil.

A CPFL (CPFE3) colocou em operação empreendimento Sul I, composto pelas linhas de transmissão 230 kV YTA-XAN e YTA-PIN2.

Já a PDG Realty (PDGR3) informou que a AGE aprovou grupamento de ações na proporção de 100 para 1.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O Banco Santander (SANB11) lucrou R$ 1,69 bilhão no 4º trimestre de 2022, queda anual de 56% e bem abaixo do consenso de mercado.

A operadora Oi (OIBR3), por sua vez, pediu proteção contra credores na Justiça e sinalizou nova recuperação judicial.

O Carf negou recursos da Petrobras (PETR4) e manteve débitos fiscais de R$ 5,7 bilhões.

Continua depois da publicidade

Confira mais destaques:

Itaú Unibanco (ITUB4)

O Itaú Unibanco (ITUB4) anunciou a emissão de R$ 2 bilhões em Letras Financeiras (LF) Sociais no mercado local para apoiar o empreendedorismo feminino no Brasil. Desse total, R$ 1 bilhão foi captado com a International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial, e uma segunda rodada, de mais R$ 1 bilhão, foi captada junto ao mercado.

Segundo comunicado, a operação faz parte da estratégia ESG do Itaú, Programa Itaú Mulher Empreendedora, iniciativa idealizada em parceria com a IFC – que apoia e fomenta o desenvolvimento de negócios liderados por mulheres por meio de iniciativas de aceleração e programas de capacitação e networking.

CPFL Energia (CPFE3)

A CPFL Energia informou a entrada em operação do empreendimento Sul I, composto pelas linhas de transmissão 230 kV YTA-XAN e YTA-PIN2 – CPFL Sul I, além da ampliação da Subestação YTA com potência adicional de 1.344MVA e tensão de 525/230 kV. A entrada ocorreu antes da data prevista inicialmente pela ANEEL, que era de março de 2024.

Sul I é um empreendimento do lote 05, do leilão de transmissão nº 004/2018, realizado em dezembro de 2018, 100% controlado pela CPFL Geração. Sul I tem uma RAP prevista de R$ 33,5 milhões (valor referente ao ciclo 2022-2023).

O empreendimento está localizado no Estado do Santa Catarina, com a ampliação de uma subestação de energia e construção de novas linhas de transmissão com extensão aproximada de 55 km interligando SE Ita a SE Xanxerê e outra com extensão aproximada de 104 km interligando a SE Ita a SE Pinhalzinho.

PDG Realty (PDGR3)

A PDG Realty (PDGR3) informou que a AGE aprovou grupamento de ações na proporção de 100 para 1. As ações passarão a ser negociadas grupadas a partir de 6 de março.

Segundo a companhia, os acionistas terão até 03 de março para ajustar suas posições de forma a deter uma quantidade de ações equivalentes a múltiplos de 100.

Americanas (AMER3)

A Americanas (AMER3) confirmou, em esclarecimentos prestados à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que avalia formular, junto à 4ª Vara Empresarial do Estado do Rio de Janeiro, pedido de aprovação de financiamento extraconcursal na modalidade “debtor-in-possession” no valor mínimo de R$ 1 bilhão.

Iguatemi (IGTI11)

O Conselho de Administração da Iguatemi (IGTI11) confirmou conversão de 14,52 milhões de ações ON em ações PN e a formação de 2,07 milhões de novas units.

O capital social da companhia passa a ser composto por 785,16 milhões de ações ON e 439,64 milhões de PN. Novas units começam a ser negociadas hoje.

Petrobras (PETR4)

A Petrobras informou que, em sessão realizada ontem, a Primeira Turma da Câmara Superior de Recursos Fiscais (CSRF), órgão integrante do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), negou provimento a recursos interpostos pela estatal e decidiu que seriam devidos IRPJ e CSLL relativos aos lucros de sua controlada no exterior referentes aos exercícios de 2011 e 2012.

A decisão foi tomada mediante o exercício do voto de qualidade do Presidente da Turma, com amparo na Medida Provisória n° 1160/2023, após empate entre os julgadores.

Com a decisão, os débitos fiscais correspondentes, que hoje totalizam cerca de R$ 5,7 bilhões, tornam-se definitivos no âmbito administrativo. Dessa forma, a Petrobras diz que adotará as medidas judiciais cabíveis para questionar a cobrança, bem como garantir o débito.

Oi (OIBR3)

A Oi (OIBR3) pediu à Justiça do Rio de Janeiro uma liminar que a proteja de credores com os quais detém cerca de R$ 29 bilhões em dívidas, incluindo bancos e detentores de títulos, em passo que pode vir antes de um novo processo de recuperação judicial da companhia, de acordo com documentos vistos pela Reuters nesta quarta-feira.

A medida vem após a Oi sair de um processo de recuperação judicial em dezembro passado.

A empresa argumenta que tentou chegar a um acordo com os credores para refinanciar sua dívida, mas até agora não obteve sucesso.

Santander Brasil (SANB11)

O Santander Brasil (SANB11) reportou lucro líquido gerencial de R$ 1,689 bilhão no quarto trimestre de 2022 (4T22), cifra 46% menor do que o reportado no terceiro trimestre de 2022 e uma queda de 56% na comparação com o mesmo período de 2021. O número ficou 41,04% abaixo do consenso Refinitiv, que previa lucro líquido reportado de R$ 2,864 bilhões.

O lucro líquido gerencial foi de R$ 12,9 bilhões em 2022 com queda de 21,0% se comparado com o mesmo período do ano anterior.

O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) foi de 8,35% no 4T22, uma queda de 7,3 pontos percentuais no trimestre. Em 2022, o índice ficou em 16,3%,  4,9 pontos percentuais abaixo em relação a 2021.

Telefônica Brasil (VIVT3)

A Telefônica Brasil (VIVT3) comunicou que foi aprovada, em Assembleia Geral Extraordinária, a incorporação, pela companhia, da Garliava RJ Infraestrutura e Redes de Telecomunicações S.A., uma sociedade de propósito específico adquirida da Oi S.A. em 20 de abril de 2022, atualmente detida integralmente pela empresa.

A Incorporação depende da obtenção da anuência prévia da ANATEL e da conclusão de procedimentos operacionais relacionados à parametrização sistêmica. Em vista disso, a eficácia da deliberação assemblear está condicionada a nova deliberação do Conselho de Administração da Companhia, em reunião a ser realizada especialmente para este fim, para
verificação da ocorrência de referidas condições, quando, então, a Incorporação se tornará eficaz.

Odontoprev (ODPV3)

A Odontoprev (ODPV3) informou que nesta quarta-feira (1) foi concluída a aquisição de 51% do capital social da Papaiz Associados Diagnósticos por Imagem, por meio de sua controlada Clidec, após o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) ter aprovado, sem qualquer restrição, a consumação da transação.

Cielo (CIEL3)

O Conselho de Administração da Cielo (CIEL3) aprovou na quarta-feira (1) a eleição de Louangela Bianchini como vice-presidente executiva Jurídica e de Relações Governamentais do grupo, onde já atua como superintendente executiva Jurídica e de Relações Governamentais.

Segundo a empresa, Louangela tem experiência de 30 anos na área jurídica, especialmente em atividades reguladas nos setores financeiro, de telecomunicações e de energia.

Saraiva (SLED4)

A Saraiva (SLED4) informou que a Justiça determinou que o Administrador Judicial esclareça, em até 5 dias, as condições da contratação da KR Capital e a cessão desse crédito a um fundo de investimento, além suspender a Assembleia Geral Extraordinária convocada para acontecer em 31 de janeiro, até que Administrador Judicial forneça os esclarecimentos solicitados.

Segundo comunicado, a companhia não foi notificada da Decisão antes do horário agendado para início da AGE e a Decisão, inclusive, somente foi disponibilizada no DJE na data de quarta-feira (01).

“Por esses motivos, a AGE chegou a ser aberta, mas, não pôde ser instalada em primeira convocação, diante do não atingimento do quórum mínimo necessário para tanto”, explica a companhia.

Camil (CAML3)

O Conselho de Administração da Camil (CAML3) aprovou o cancelamento de 10 milhões de ações ordinárias que estavam em tesouraria. Com isso, total de ações ordinárias de emissão da companhia passou a ser de 350 milhões de ações.

sportingbet Mapa do site