sportingbet

sportingbet - ações sobem 8% após resultado positivo; executivos veem espaço para aumentar margens

Avanço operacional da Hering foi destaque no quarto trimestre e é aposta de executivos para melhorar margens ao longo de 2023

Vitor Azevedo

Loja da Farm (Foto: Divulgação)

Publicidade

As ações ordinárias do Grupo Soma (SOMA3) – dono de marcas como a Farm, a Hering e a Animale – avançaram 8,06%, a R$ 8,98, na sessão desta quarta-feira (8), após a companhia, na véspera, ter trazido um resultado do quarto trimestre de 2022 considerado positivo por analistas e investidores. E, segundo os executivos da companhia, há espaço para ir além em 2023.

“O Grupo Soma reportou resultados em linha com nossas expectativas, com evoluções importantes na operação da Hering, forte desempenho na Farm e Farm Global, enquanto os jogos da Copa do Mundo foram um ofensor para os resultados, com fluxo de clientes em loja caindo 40% entre 20 de Novembro e 18 de Dezembro”, comenta a equipe de analistas da XP Investimentos, chefiada por Danniela Eiger.

A receita bruta do grupo chegou a R$ 1,6 bilhão no quarto trimestre, alta de 12,3% na base anual. O faturamento da Farm Global, com a companhia expandindo para novos mercados (principalmente Estados Unidos e Europa) saltou 72,5%, para R$ 126,1 milhões. O faturamento da Farm Brasil, por sua vez, cresceu 21,8%, para R$ 357,4 milhões, e o da Hering, 6,2%, para R$ 687,5 milhões.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Para os analistas da corretora, os canais de atacado e digital foram os destaques entre outubro e dezembro de 2022 – e apesar de o atacado ter pesado na margem, isso foi mais do que compensado pelo avanço operacional da Hering, com o Grupo Soma ainda encontrando sinergias com a marca adquirida em 2021.

Roberto Jatahy, diretor executivo (CEO) da companhia, falou durante a teleconferência de resultados, realizada na manhã de hoje, que cerca de 50% das alavancas da Hering já foram ativadas e que a meta da companhia é avançar nesta frente neste ano. “Quando entro em uma loja da Hering, vejo muita oportunidade de melhorar o produto”, afirmou.

Ainda que com um cenário macroeconômico difícil, os avanços, para o diretor, devem permitir uma melhora de margens para o Grupo Soma, enquanto para outras marcas a projeção é de um ano estável na porcentagem dos ganhos sobre receita.

Continua depois da publicidade

A margem bruta ajustada ex-Hering ficou em 63,7%, ante 65,5% um ano antes. Para a Hering, a margem bruta cresceu 2,7 pontos percentuais, para 42,9%.

“Sobre a questão da margem bruta do quarto trimestre, o principal ofensor foi o saldo de coleção da NV, bastante agressivo na Black Friday, e uma agenda de investimento importante na Farm Internacional”, comentou Jatahy. O foco em 2023 está na receita e na margem bruta. O atacado, contudo, vem superando nossas estimativas. Tivemos um showroom que surpreendeu e, se a dinâmica continuar assim, ele pode ganharshare e pressionar a margem do grupo. De qualquer forma, estamos de olho na última linha do resultado. O atacado é um canal rentável e esperamos continuar a crescer”.

O time de analistas do Bradesco BBI, liderado por Pedro Pinto, comentou sobre em relatório.

“Observando bem a margem bruta, que no geral foi fraca, a nosso ver – abaixo das nossas expectativas em 80 pontos base no nível consolidado – a pressão se deveu principalmente ao mix de canais e à abordagem promocional”, dizem os analistas do banco. “É importante ressaltar que, na Hering, a nova metodologia contábil, que inclui R$ 9,2 milhões de ajuste a valor presente na margem bruta, não altera a visão sobre a tendência pequena, embora positiva, de melhora sequencial”.

Leia Mais:

Roberto Jatahy afirmou que o sell out (venda ao consumidor final) nas lojas Hering começou 2023 trazendo uma percepção muito positiva, com uma relação boa de entrada e saída de estoque.

“Estamos muito focados nos ativos que temos dentro de nosso portfólio e todos têm vetores de crescimento importante que demandam investimentos e capital para avançarem”, expôs o CEO.

Por fim, o executivo afirmou que a recente melhora na estrutura de capital do Grupo Soma não muda estratégia de crescimento – e que não há, até então, nenhum ativo que interesse ao grupo quando o assunto é M&A.

“No Brasil, acho que será difícil, em um mercado complicado, emergir algo no curto prazo. Quando olhamos marcas maiores, não há nada que faça sentido. M&A, no Grupo Soma, não é visto como questão de oportunidade custo mas sim de olho no potencial de marca”, defendeu.

A companhia terminou 2022 com uma alavancagem, medida pela relação entre lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) e dívida líquida de 0,79 vez, ante 1,3 no final de 2021.

A XP Investimentos tem recomendação de compra para as ações ordinárias do Grupo Soma. O BBI tem recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado, equivalente à compra), com alvo em R$ 13, 56% acima do fechamento da véspera.

sportingbet Mapa do site